Processo de Adoção – Gatídeo

Como posso conhecer um gato?

Visite a Associação Midas durante o período das visitas e mediante agendamento prévio (dias úteis das 14h às 17h, domingos e feriados das 10h às12h) e conheça os animais que estão ao nosso cuidado para adoção. Existem mais gatos para adoção em famílias de acolhimento, que poderá visitar após informação.
Será acompanhado na visita onde receberá informação sobre os gatos que mais se adequam à sua condição e contexto.

Como posso adotar o gato que escolhi?

Preencha o formulário de candidatura disponível nesta página, e será contactado pela Equipa de Adoção, para esclarecimento de dúvidas ou questões do processo de adoção e agendamento de uma primeira visita.

Dúvidas sobre adoção de gatos, pode enviar email para [email protected].

Depois de concluído todo processo junto da Equipa de Adoção e definida a adoção, irá deslocar-se ao abrigo (mediante marcação) para preenchimento e assinatura do Termo de Responsabilidade, levantamento do boletim de saúde…

….e finalmente, levar o gato que irá viver consigo até sempre!

Taxa de Adoção: 45€ (correspondente à última vacina que tomou e ao microchip).

Todos os nossos gatos:

  • estão castrados/esterilizados (os gatos bebés são esterilizados aos 6 meses);
  • têm microchip de identificação;
  • estão com as vacinas (infeto-contagiosas e FELV (se tiverem mais de 6meses);
  • fazem desparasitação interna e externa
  • são entregues com boletim de saúde e historial clínico

A adoção de um animal de estimação é um compromisso sério que não deve ser decidido de ânimo leve. O intuito deste formulário é ajudar-nos a nós e a si a verificar qual o animal mais adequado ás suas condições e perceber se está preparado para assumir este compromisso. Pretendemos que as adoções que fazemos sejam definitivas e que a opção tomada seja a mais adequada quer para si quer para o animal. Responda por favor a todas as questões e acrescente os seus comentários livremente.

Qualquer duvida que tenha contacte: [email protected]

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA PARA ADOÇÃO DE GATÍDEO

    O seu nome:

    Idade:

    Nacionalidade:

    Morada:

    Código Postal:

    Localidade:

    E-mail:

    pedimos atenção ao E-Mail inserido, pois caso esteja errado não conseguiremos contactar de volta

    Telemóvel:

    Nome do animal a adoptar dado no programa de adopção:

    Ver gatos

    Qual o motivo que o/a levou a decidir-se pela adopção?

    Seria para viver num apartamento ou moradia?

    Teria acesso ao exterior? Quintais, terraços, varandas, telhados?

    Tem crianças em casa? Se sim de que idades?

    Alguém em casa tem algum tipo de alergias ao pêlo?

    Em casa estao todos de acordo com a adoção?

    Tem possibilidades financeiras para veterinário e alimentação?

    Tem onde ou com quem deixar o animal ou tenciona leva-lo nas férias?

    A casa é propria ou alugada? Caso seja alugada, o senhorio concorda com a presença de um animal?

    Tem ou já teve outros animais? Quais? Fale-nos um pouco sobre eles.

    Tem ou ja teve algum animal esterilizado? Porque ou porque não?

    Tenciona esterilizar o animal em questão?

    Já entregou algum animal no canil? Se sim em que circunstâncias?

    No caso de gravidez humana farão testes de toxoplasmose ao gato?
    SimNão

    No caso do teste ser positivo o que farão?

    Caso ocorra alguma mudança substancial na sua vida (emigrar, mudar de casa, casar, ter filhos, etc), o animal acompanhará nessa mudança? Se não, o que tenciona fazer com o animal?

    Vê algum inconveniente em que façamos visitas programadas para acompanhar a adopção?
    SimNão

    Está disposto a assumir a responsabilidade e os encargos de um gato nos próximos 10 a 15 anos e pode proporcionar uma casa a este gato por este tempo? *

    SimNão

    * Um gato é uma responsabilidade para assumir durante 10/15 anos, e por isso não pode ser uma decisão tomada de ânimo leve. O animal adoptado destina-se a companhia e não para estar preso a uma corrente, numa jaula ou varanda. Um animal é entregue com microchip de identificação, castrado (se já tiver 6 meses), vacinado (se já tiver mais de 2,5 meses) e desparasitado (interna e externamente). Uma parte destas despesas será paga pelo adoptante.